Ir para o conteúdo

Prefeitura de Andradina
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAI
27
27 MAI 2009
Cadastramento para o "Minha Casa Minha Vida" começa segunda
enviar para um amigo
receba notícias
Prefeito Jamil Ono (centro), fez o lançamento do programa em coletiva junto com o vice-prefeito Pedro Ayres (direita) e o chefe de gabinete Messias

A Prefeitura de Andradina começa nesta segunda-feira (dia 1 de junho) e fará até o dia 10 de junho, o cadastramento das famílias que tem renda de até três salários mínimos no programa habitacional do Governo Federal, "Minha Casa Minha Vida".

O local do cadastramento será no ginásio de esportes Curiango, na avenida Bandeirantes, ao lado do posto do Corpo de Bombeiros. O atendimento será das 9h as 16h30. Para fazer o cadastro é preciso que as pessoas apresentem o CPF e, se for cadastrada no Bolsa Família, estar com o cartão.

O lançamento oficial do programa foi feito nesta quarta-feira (27 de maio), no gabinete, pelo prefeito Jamil Ono, o vice-prefeito Pedro Ayres e o chefe de gabinete, Manoel Messias de Almeida.

Para evitar tumultos e grandes filas, a Prefeitura anunciou que disponibilizará dez atendentes trabalhando de segunda a sexta-feira sem interrupção para horário de almoço.

A administração municipal ressalta que as pessoas não precisam ter pressa em fazer o cadastramento, já que a escolha dos beneficiados não será feita por ordem de chegada conforme as inscrições.

Portanto, o prefeito Jamil Ono ressaltou que havendo fila no primeiro dia, os cidadãos podem voltar nos dias seguintes em horários alternativos sem serem prejudicados.

Outro ponto destacado é que procure fazer o cadastramento somente às famílias que realmente possuem renda de até três salários mínimos. Já que, será feita pela CEF (Caixa Econômica Federal), uma triagem de todos que se inscreverem e, as famílias que possuírem renda maior, serão automaticamente desclassificadas.

O programa Minha Casa Minha Vida também está dando benefícios para as famílias que tem renda de três a dez salários mínimos, porém, o contato dos interessados deve ser feito diretamente com a CEF.

Casas - Dentro da faixa de até três salários mínimos, será construído um conjunto residencial. Para Andradina, já tem a liberação de 153 casas.

Para a escolha das famílias a serem beneficiadas, será dada preferência para famílias constituídas, tanto que, segundo recomendação da CEF, a escritura da casa será feita em nome da mulher (esposa).

Havendo número de inscritos que se enquadram no programa, maior que a quantidade de moradias a serem construídas, a distribuição das casas será feita através de sorteio público.

Condições " Para ser beneficiada, a pessoa não pode ter sido beneficiada anteriormente em programas de habitação social do governo - não pode possuir casa própria ou financiamento de imóvel " tem que estar enquadrado na faixa de renda de até 3 salários mínimos " e comprometer até 10% da renda durante dez anos para o pagamento das prestações.

Características - Prestação mínima de R$ 50, corrigida pela TR - registro do imóvel em nome da mulher - sem entrada e sem pagamento de prestações durante a obra - sem cobrança de seguro de vida e danos ao imóvel.

Análise Cadastral - Comprovação de renda formal ou informal para enquadramento no programa - Verificação do Cadastro Único que identifica famílias de baixa renda - Verificação do Cadastro Nacional de Mutuário - Não há análise de risco de crédito, ou seja, mesmo quem tem restrição nos órgãos de proteção ao crédito pode ser incluído no programa.

Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia