Ir para o conteúdo

Prefeitura de Andradina
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
01
01 JUN 2009
Prefeitura inicia inscrições do programa "Minha Casa Minha Vida"
enviar para um amigo
receba notícias
Prefeito Jamil Ono e vice-prefeito Pedro Ayres conversam com andradinenses que aguardam para inscrição no programa do Governo Federal.

O cadastramento das famílias no programa habitacional do Governo Federal, "Minha Casa Minha Vida", começou na manhã desta segunda-feira (1 de junho) e vai até 10 de junho, no ginásio de esportes Antonio Fernandes Oliveira (Curiango). Pode se inscrever a família que tem renda de até três salários mínimos. O atendimento acontece das 9h as 16h30.

Mesmo com o frio intenso da manhã de segunda-feira, a população andradinense compareceu em grande número para tentar assegurar sua moradia. Para fazer o cadastro, é preciso que as pessoas apresentem o CPF e, se for cadastrada no Bolsa Família estar com o cartão do benefício.

O prefeito Jamil Ono e seu vice Pedro Ayres acompanharam o lançamento do programa e o início do atendimento.

Grupos de apoio da Prefeitura estão atendendo as pessoas, orientando para que o cadastramento aconteça de maneira tranqüila, sem tumultos e nenhum desconforto. Há distribuição de senha como forma de organizar e, enquanto aguardam o atendimento, às pessoas estão sendo acomodadas nas arquibancadas do ginásio. O cadastramento de cada munícipe não está demorando mais que cinco minutos e não há grande espera na fila.

A administração municipal lembra que a seleção das famílias não será feita por ordem de chegada e que a triagem será feita posteriormente pela Caixa Econômica Federal.

Este programa tem o objetivo de amenizar a demanda do déficit habitacional do município. A expectativa é que cerca de cinco mil pessoas se inscrevam.

O prefeito Jamil Ono destacou a importância do projeto "Minha Casa, Minha Vida" e a conquista de Andradina, sendo que apenas Andradina e Araçatuba na região que foram beneficiadas.

Casas - Dentro da faixa de até três salários mínimos, será construído um conjunto residencial. Para Andradina, já tem a liberação de 153 casas.

Condições " Para ser beneficiada, a pessoa não pode ter sido beneficiada anteriormente em programas de habitação social do governo - não pode possuir casa própria ou financiamento de imóvel " tem que estar enquadrado na faixa de renda de até 3 salários mínimos " e comprometer até 10% da renda durante dez anos para o pagamento das prestações.

Características - Prestação mínima de R$ 50, corrigida pela TR - registro do imóvel em nome da mulher - sem entrada e sem pagamento de prestações durante a obra - sem cobrança de seguro de vida e danos ao imóvel.

Análise Cadastral - Comprovação de renda formal ou informal para enquadramento no programa - Verificação do Cadastro Único que identifica famílias de baixa renda - Verificação do Cadastro Nacional de Mutuário - Não há análise de risco de crédito, ou seja, mesmo quem tem restrição nos órgãos de proteção ao crédito pode ser incluído no programa.

Minha Casa, Minha Vida

O Governo Federal está investindo R$ 34 bilhões para que milhões de brasileiros tenham acesso à casa própria. A proposta é que seja viabilizada a construção de 1 milhão de moradias para famílias com renda de até 10 salários mínimos, em parceria com estados, municípios e iniciativa privada, impulsionando a economia, gerando empregos e trazendo reflexos positivos para toda a sociedade.

Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia